quinta-feira, 18 de setembro de 2014

MARUIM: Iphan reconhece igreja como Patrimônio Nacional

Foto: Ascom/ Keizer Santos.

Infonet - Cultura - Noticias - 16/09/2014.

Maruim: Iphan reconhece igreja como Patrimônio Nacional
A Igreja Matriz de Maruim já havia sido tombada.

O município de Maruim, distante a 30 km de Aracaju, passa a contar com o seu primeiro Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a Igreja Matriz de Nosso Senhor dos Passos. O reconhecimento foi consolidado a partir da publicação no Diário oficial da União, nº 174, de 10 de setembro de 2014, em edital assinado pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Jurema Machado.

Com o reconhecimento oficial, quaisquer intervenções no entorno e no prédio da igreja, devem ser comunicadas à Superintendência Estadual do Iphan, situada na Praça Camerino, 225, bairro São José, em Aracaju. Além disso, os bens móveis e integrados à igreja, bem como os que estão na casa paroquial, serão resguardados pelo Instituto. O objetivo principal do tombamento é garantir que o bem cultural seja protegido, evitando assim a sua destruição e descaracterização.

Para o prefeito de Maruim, Jeferson Santana, que acompanhou o processo do Iphan, o município passa para um seleto grupo de detentores de um patrimônio nacional. “Além da visibilidade, salutar ao turismo, outra garantia que temos a partir desta decisão é que nosso patrimônio será preservado por longos e longos anos”, afirmou emocionado.

De acordo com o Livro de Tombo do Iphan, até 2013, em Sergipe, apenas Brejo Grande, Divina Pastora, Itaporanga D’ Ajuda, Estância, Laranjeiras, Nossa Senhora do Socorro, Riachuelo, Santo amaro das Brotas, São Cristóvão e Tomar do Geru possuíam bens culturais reconhecidos. Esse reconhecimento leva-se em conta os aspectos arqueológico, paisagístico e etnográfico; histórico; belas artes; e das artes aplicadas.

Para o secretário municipal de Cultura e Turismo, Gilton Rezende, outra necessidade com o reconhecimento nacional, é a promoção de cursos de Educação Patrimonial em parceria com o Iphan. “Devemos formar pessoas, que saibam lidar com o seu patrimônio, essa riqueza cultural é nossa!”, destacou.

A Igreja Matriz.

A Igreja Matriz de Senhor dos Passos foi fundada em 17 de março de 1862, mas, a sua construção somente foi iniciada no ano de 1848, por intermédio do Sr. João Gomes de Mello, o Barão de Maruim. A igreja, que apresenta um estilo barroco, é o primeiro prédio do município tombado pelo Patrimônio Nacional. A partir do Decreto nº 4.988, de 25 de abril de 1981, do Governo do Estado de Sergipe, a Igreja Matriz de Maruim já havia sido tombada e incorporada ao patrimônio estadual.

Fonte: Assessoria de Comunicação.
Texto e imagem reproduzidos do site: infonet.com.br/cultura

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.
Foto reproduzida do site: jse.jus.br/ex-presidentes

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.
Foto reproduzida do site: jse.jus.br/ex-presidentes

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.
Foto reproduzida do site: jse.jus.br/ex-presidentes

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.
Foto reproduzida do site: jse.jus.br/ex-presidentes

Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe

  Ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe.
Foto reproduzida do site: jse.jus.br/ex-presidentes

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Filha de Josa assumirá programa Festa na Casa Grande

Josa e Joseane: a autenticidade da cultura sergipana.
Foto: Arquivo Portal Infonet.

Infonet- Cultura - Noticias - 10/09/2014.

Filha de Josa assumirá programa Festa na Casa Grande
Programa foi conduzido pelo Vaqueiro do Sertão por 25 anos.

A Rádio Aperipê reativará o programa Festa na Casa Grande, que, por um período de 25 anos foi conduzido pelo cantor e compositor forrozeiro genuinamente sergipano Josa, que se consagrou como o Vaqueiro do Sertão. Nesta nova versão, o programa que será exibido aos sábados a partir de primeiro de outubro no horário das 13h às 14h, terá como apresentada a cantora Joseane, filha de Josa, que acompanha diariamente o pai, em sua incansável luta contra o Mal de Alzheimer.

Joseane, que confirmou a programação, promete transmitir do estúdio da Rádio Aperipê um programa descontraído, voltado para a cultura, divulgado o trabalho dos músicos e artistas sergipanos, com foco para a história de cada personagem destacado em cada edição. Além de difundir a obra e a história dos músicos e artistas sergipanos, a nova versão da Festa da Casa Grande também abrirá espaço para a música genuinamente brasileira, com a predominância da autenticidade nordestina. “Também teremos dicas de saúde e mensagens cristãs porque precisamos saber que, antes de ser o melhor naquilo que fazemos, precisamos, em paralelo, levar Deus conosco”, enalteceu Joseane.

O Vaqueiro do Sertão, aos 85 anos [50 dos quais dedicados à musicalidade nordestina], está em estado de prostração, como classifica a própria filha, há cerca de dois, em tratamento domiciliar. O músico teve a fala afetada, mas reage emitindo sons quando percebe a aproximação da filha e tem preservada a sensibilidade cognitiva. “Ele interage comigo, mostra que é um vaqueiro forte. Vejo isso na prática diária”, considera Joseane.

Por Cássia Santana.

Texto e imagem reproduzidas do site: infonet.com.br/cultura